Pesquisar este blog

sábado, 8 de novembro de 2014

Beijing - Por aí...

Hoje vamos dar um passeio pelas ruas de Beijing.

 O post de hoje é uma coleção de fotos feitas aleatoriamente pelas ruas. Tem curiosidades, comidas, lojas e pouco blá, blá, bla', ok? Se é que eu vou conseguir falar pouco! kkkk!

Vamos lá?

O inverno é bem frio em Beijing . Neva e as temperaturas podem descer aos - 5 graus Celsius! Em 1985 aconteceu o recorde de baixas temperaturas e o termômetro bateu em -15,2 C!




 Olha o termômetro marcando 2 graus Celsius! E a sede da Embraer!! Tá vendo o avião na vitrine `a esquerda? ! Muito legal!!! E tem a Lamborghini ali em baixo também...  Phyno!! kkkkk! De fraco este prédio não tem nada, né?!


 Este foi o hotel em que nos hospedamos.


 Esta é a rua ao lado do hotel. Olhem a limpeza!


É neve aquilo ali no asfalto e não cocô de cavalo!  A propósito, quando é que as carroças vão ser proibidas no Brasil?!  Crueldade com os cavalos e com as pessoas!


A parte interna do hotel. Precisando de um rímel nesta carinha, né, fia?! E de uma base, corretivo, batom, blush...


 Saímos do hotel e fomos explorar a cidade mais uma vez!

Os tradicionais hutongs, bairros populares em torno da Cidade Proibida, atraem muitos turistas com suas banquinhas e ruas estreitas.




Aqui se acha os famosos espetinhos de estrelas-do-mar...


Cavalos marinhos e escorpiões...


Eu não vejo as pessoas comendo insetos no dia-a-dia. Acho que é uma atração turística, mas talvez exista quem coma regularmente...

 A alimentação do chinês comum inclui muitos legumes, cogumelos de vários tipos, tofu ( o que se chama de queijo de soja no Brasil), arroz, noodles ( macarrão), pouquíssima carne de gado,  bastante carne de porco, de  frango ( com pele), frutos do mar e algas.

Devemos lembrar que houve períodos na história da China onde milhões morreram de fome e que os insetos talvez fossem a única opção de proteínas. Aliás, segundo alguns pesquisadores no Ocidente, os insetos podem ser a solução para o problema da fome no mundo. Custa muito mais barato criar insetos do que vacas, galinhas, porcos, peixes...

 Há estudos e "fazendas" de insetos criados para fins alimentícios. Fora os "derivados" de insetos que já estão aí em muitos produtos industrializados ( como corante, por exemplo) que a gente nem imagina.

E tem gente que acha engraçado falar que os chineses comem insetos e nem sabem o que pode ter no próprio prato!

Não, eu não experimentei. Nem pretendo!



A comida na China é muito rica e o Hot Pot é um prato super tradicional.

 Lembra o processo de cozimento da fondue, mas no Hot Pot a gente mergulha os alimentos em um caldo bem quente para cozinhá-los na mesa.

 Olha que lindo! Este tinha carne de gado cortada bem fininha, tofu, vegetais, cogumelos e molhinhos... Mas tem muitas opções de carnes e legumes, cada um  monta o prato com o que preferir. Uma delícia no inverno! Muito embora os chineses o comam no verão também! Eu nem posso pensar em comer um prato quente como este num calor de 40 C!





Este é um outro restaurante ( uma cadeia que tem em Shanghai também) , o Element Fresh. Super frequentado por Laowais ( estrangeiros), serve um mix de comida oriental e ocidental. Muito bom! Este meu prato era vegetariano, Tofu com legumes e arroz. Delícia!


Foi no restaurante do hotel que  eu treinei muito para conseguir comer sopa de noodles com os hashis ( os palitinhos usados como talher) e ... consegui!!!


Na China tem uma cafeteria americana que eu amo, a Starbucks. Já tem algumas no Brasil, mas aqui tem uma em cada esquina! O diferencial desta aí em Beijing é que a cafeteria ocupa um prédio histórico na área central da cidade. Olhem que lindas as vidraças! E os prédios na rua!


Todas as características originais do prédio foram preservadas. O piso lindo de madeira, as janelas , a escada bem estreita que une os dois andares...



 Ótimo lugar pra sentar, se aquecer e ficar olhando as pessoas lá em baixo passeando no calçadão.



Esta área da cidade foi renovada, mas manteve os prédios antigos. A maioria dos prédios do calçadão ( em cujo centro passa um bondinho!) tem a mesma cor e acabamento, criando uma identidade visual muito interessante. Só o que muda, é claro, são os logotipos das lojas. E tem muitas famosas aqui, além de restaurantes, lojinhas de souvenir e muitos vendedores ambulantes!

Infelizmente pegamos uns dias onde foi batido o recorde de  poluição na cidade. Quase não se via o céu, só um manto cinza a maior parte do tempo. Este "enfeite" no meu pescoço não é um colar, mas uma máscara pra filtrar o ar, que lembra aquelas de médico cobrindo a boca e o nariz. Muita gente usa máscaras deste tipo pra caminhar na rua.

 Mas olhem a beleza dos prédios preservados e das flores nos canteiros. E a limpeza do chão!


 As crianças brincam soltas! Olha que fofo! Adorei esta foto!


 Agora a foto sem o "enfeite"! kkkk


 Olha o trenzinho chegando! E os prédios onde ficam as lojas e restaurantes.





E continuamos explorando outras ruas...


 Olhem as lojas européias e americanas!! Aliás, o maior mercado da Zara fora da Espanha é a China.




Uma moto com "carroceria"!! Coisas da China!


 Espero que vocês tenham gostado! Até a próxima!  ;)

Fotos: João Sperb.

7 comentários:

  1. Adorando! E vocês lindos! Um bj queridos.

    ResponderExcluir
  2. Amei!! Super coloridas as fotos apesar da poluicao!! Voces super bem!! Assim, a gente mata as saudades de voces!! Queremos mais!!! Tudo de bom!!

    ResponderExcluir
  3. Lindas as fotos! Como vc está bem! Saudades!

    ResponderExcluir
  4. Estou adorando conhecer a China via voce, Deia!!! Continue escrevendo please.

    ResponderExcluir
  5. Legal Déia!!!Lindo!!!Mas comer inseto???Hum!Sei lá!!!! bjo

    ResponderExcluir
  6. Obrigada, gurias!! Que bom saber que vocês curtem as minhas histórias!! Beijões

    ResponderExcluir